Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/garaengenharia/public_html/wp-content/plugins/revslider/includes/operations.class.php on line 2715

Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/garaengenharia/public_html/wp-content/plugins/revslider/includes/operations.class.php on line 2719

Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/garaengenharia/public_html/wp-content/plugins/revslider/includes/output.class.php on line 3615
Tratamento de Água - GaraGara

Conte conosco do projeto à instalação final.

Água de Reuso

Tratar água proveniente da chuva (pluviais) para fins de reuso, trazendo economia nos custos com água.

A água de reuso é ideal para fins não nobres, tais como:

  • Lavagem de carros
  • Peças
  • Motores
  • Pisos
  • Jardinagem,
  • Descarga de banheiros e outros que não sejam para consumo humano e animal
    (ou seja, destinada à ingestão, preparação e produção de alimentos e à higiene pessoal).

Tratamento de Água de Chuva

Tratar água proveniente da chuva (pluviais) para fins de reuso, trazendo economia nos custos com água.

A água de reuso é ideal para fins não nobres, tais como: lavagem de carros, peças, motores, pisos, jardinagem, descarga de banheiros e outros que não sejam para consumo humano e animal (ou seja, destinada à ingestão, preparação e produção de alimentos e à higiene pessoal).

Sistema compacto ideal para comércios e pequenas empresas na vazão: 1.500 litros por hora.

Estações de grande porte nas vazões: 5.000, 10.000 e 15.000 litros por hora.

ETA Reuso (Estação para Tratamento de Água para Reuso)

Sistema para tratamento de efluentes provenientes de indústrias, agronegócios, condomínios, hotéis (águas cinzas), construtoras, marmorarias, mineradoras, lavadores de veículos e diversos outros segmentos que necessitem de um tratamento ou reuso.

A água de reuso é ideal para fins não nobres, tais como: lavagem de carros, peças, motores, pisos, jardinagem, descarga de banheiros e outros que não sejam para consumo humano e animal (ou seja, destinada à ingestão, preparação e produção de alimentos e à higiene pessoal).

A ETA (Estação de Tratamento de Água) ALFAMEC atende as normais brasileiras quanto a fabricação ABNT NBR 12.216, e legislações ambientais CETESB (Art. 18 e 19º) e CONAMA 430/2011 (Art. 16º).

  • Modelo compacto: 800, 2.000, 5.000 e 7.500 litros por hora
  • Modelo grandes capacidades: a partir de 10.000 litros por hora
  • Economia de até 90% na conta de água
  • Adequação às normas ambientais
  • Baixo investimento e retorno rápido
  • Fácil de instalar e operar
  • Sistema compacto
  • Garantia de 12 meses

Funcionamento

  • Mistura rápida
  • Floculação
  • Decantação
  • Filtração

Ultra Filtração por membranas

Tratar água de rios e poços para uso dentro dos padrões de potabilidade.

Também tem a finalidade de dar o polimento necessário ao efluente, para que possa atender aos requisitos básicos de Reuso e Descarte do efluente.

O princípio de funcionamento da Ultra Filtração (UF) é simples e eficiente.

As Membranas semelhantes a tubos finos e flexíveis possuem poros de 0,01 mícron, que permite a passagem da água mas retêm as partículas de são maiores que um centésimo de um mícron.

Sobre Potabilização (Importante)

A Portaria 2.914 de Dezembro de 2011 aumentou as exigências em relação a qualidade da água tratada, principalmente em relação a turbidez e o padrão microbiológico para consumo humano (água potável).

A turbidez da água para potabilização foi alterada de 5NTU para 0,5NTU, e o aumento da restrição no padrão vai de encontro a qualidade de retenção de nossas Membranas, que retêm 99,9999% das bactérias e 99,99% dos vírus.

Vantagens:

  • Eliminação de contaminações microscópicas;
  • Alta qualidade e baixa turbidez;
  • Fluxo elevado de filtração;
  • Menor área ocupada;
  • Redução de produto químico ;
  • Redução no consumo de energia;
  • Capacidade de remoção de vírus e bactérias: 99,99%;
  • Atendimento à legislação Brasileira;
  • Processo totalmente automatizado.

Atende as legislações:

– Portaria M.S. 2.914 de 2011 para Potabilidade 
– Cetesb Art. 18 e 19-A 
– Conama 430 Art. 16 e 21

ETE Aeróbia (Estação de Tratamento de Esgoto Sanitário tipo Aeróbio)

Estação para Tratamento do Esgoto Sanitário em indústrias de diversos segmentos e portes, condomínios residenciais e comerciais, hotéis, e outros.

Fabricamos a estação em reatores de PRFV num sistema modular que permite adicionarmos novos reatores conforme o aumento da população (moradores, funcionários, hóspedes, etc).

Utilizamos somente o Processo Aeróbio de Tratamento e assim garantimos, através laudos laboratoriais, a eficiência necessária para que água tratada fique apta para descarte do corpo receptor sem emissão de odores e gases nocivos.

Este tipo de Tratamento requer menor área útil instalada pois não utiliza dois tipos diferentes de reatores, o processo é todo realizado dentro do mesmo reator que recebe uma programação de trabalho baseada em normas ambientais vigentes.

Nosso grande diferencial hoje é a garantia da eficiência na remoção da DBO e a possibilidade de implantação de um Painel de Controle Inteligente (produto opcional).

O Painel de Controle Inteligente registra todo o histórico de trabalho da ETE, gera relatórios, sinaliza a necessidade de alguma manutenção prevenindo assim falha na operação e possibilita o Acompanhamento Remoto pela nossa área de assistência técnica.

Não tenha mais preocupações com o tratamento de esgoto da sua empresa, nós cuidamos de tudo para você!

Vantagens

  • Ausência de odor, gases nocivos e insetos
  • Elevada eficiência na remoção de DBO: Acima de 90%
  • Apta para remoção de Nitrogênio (até 10 mg/l) e Fósforo (até 1 mg/l)
  • Atendimento à legislação brasileira (ABNT NBR 13.969 e CONAMA 430 art.21)
  • Adequação aos planos de gestão ambiental do empreendimento
  • Capacidade de absorção de altas cargas orgânicas e vazões
  • Processo totalmente automatizado
  • Possibilidade de controle remoto do processo
  • Garantia de 1 ano

Opcionais:

  • Peneira rotativa (pré tratamento para remoção de sólidos)
  • Sistema para reuso (pós tratamento da ETE que possibilita a reutilização da água tratada)
  • Painel de controle inteligente
  • Serviço de acompanhamento remoto da operação

ETE Alvenaria (Estação de Tratamento de Esgoto Sanitário tipo Aeróbio para grandes capacidades)

Tratar esgoto sanitário proveniente de indústrias de diversos segmentos e portes, condomínios residenciais e comerciais, hotéis, entre outros, que tenham um volume grande a ser tratado.

Processo de tratamento: aeróbio

Vantagens

  • Ausência de odor, gases nocivos e insetos
  • Elevada eficiência na remoção de DBO: Acima de 90%
  • Atendimento à legislação brasileira (ABNT NBR 13.969 e CONAMA 40)
  • Adequação aos planos de gestão ambiental do empreendimento
  • Capacidade de absorção de altas cargas orgânicas e vazões
  • Processo totalmente automatizado
  • Possibilidade de controle remoto do processo
  • Garantia de 1 ano

Obs.:

  • A quantidade de reatores e tamanho poderá variar de acordo com cada necessidade.
  • Por não emitir odores desagradáveis pode ser construído próximo à área residencial.

Sistema de Reuso para ETE

Sistema de reuso para ser instalado pós ETE (Estação de Tratamento de Esgoto Sanitário)

É necessário armazenar a água descartada e com o Sistema de Reuso pode dar uma finalidade mais nobre ao uso da água – ao invés de utilizar água tratada comprada, você passará a dispor de uma fonte mais econômica e que estaria sendo descartada no corpo receptor.

A água de reuso é ideal para fins não nobres, tais como: lavagem de carros, peças, motores, pisos, jardinagem, descarga de banheiros e outros que não sejam para consumo humano e animal (ou seja, destinada à ingestão, preparação e produção de alimentos e à higiene pessoal).

Composição

O sistema de reuso consiste em:

  • Sistema de bombeamento
  • Filtro
  • Sistema de cloração para a eliminação de coliformes
  • Sistema de Ultravioleta e base metálica.

Estação para Tratamento de Efluentes Oleosos (ETEO)

Sistema para tratamento de água proveniente de uso industrial, automotivo ou de processos que gerem efluentes com óleo e necessitam de um tratamento para o descarte correto ou reutilização.

Nossa estação de tratamento de efluentes oleosos ETEO é composta pelos seguintes equipamentos:

  • Separador de Água, Areia e Óleo (S.A.A. S.A.O.)
  • Estação para Tratamento de Água (ETA)

Vantagens

  • Adequação às leis ambientais
  • Eficiência garantida por laudo
  • Fácil instalação
  • Simplicidade de operação
  • Baixo consumo energético
  • Reutilização de efluentes em processos
  • Redução de custos com consumo de água

Normas Atendidas

Este sistema de tratamento foi projetado de acordo com requisitos da norma:
ABNT NBR 12.216, CETESB (Art.18 e 19A) e as exigências do CONAMA 430/2011 (Art.16), entre outros.

Estação para Tratamento de Efluentes Químicos (ETEQ)

Aplicação

Sistema para tratamento de efluentes químicos provenientes do uso em diversas aplicações.
Nossa estação de tratamento ETEQ é composta pelos seguintes equipamentos:

  • Separador de Areia Mecanizado (SAM)
  • Decantador (Módulo Tubular)
  • Separador de Água e Óleo (SAO)
  • Estação de Tratamento de Água (ETA)

O processo de tratamento dos efluentes químicos se iniciará com tratamento primário realizado através do separador de areia mecanizado (SAM), em seguida terá a remoção de sólidos finos em suspensão feita pelo decantador estático (DECANTER) e por último a remoção de óleo através do separador de água e óleo (SAO), finalizando assim a primeira etapa do tratamento.

Em seguida partira para o tratamento físico-químico, onde toda reação começará na tubulação de mistura rápida junto da adição de produtos químicos entre eles coagulantes, floculantes e agentes de desinfecção.

Nessa etapa terá a floculação, decantação dos flocos formados, filtração por gravidade através de areia, carvão antracitoso, em seguida este efluente tratado já estará devidamente apto ao reuso ou descarte controlado.

Vantagens

  • Adequação às leis ambientais
  • Eficiência garantida por laudo
  • Fácil instalação
  • Baixa manutenção
  • Simplicidade de operação
  • Baixo consumo energético
  • Grande capacidade de tratamento
  • Reutilização de efluentes em processos
  • Redução de custos com consumo de água

Normas Atendidas

Nossos equipamentos são desenvolvidos de modo a atender os mais rigorosos requisitos técnicos e normativos, Este sistema de tratamento foi projetado de acordo com o requisitos da norma ABNT NBR 12.216, CETESB (Art.18 e 19A) e as exigências do CONAMA 430/2011 (Art.16), entre outros.

SAO Separadores compactos

Finalidade

Equipamento desenvolvido para separar areia, água e óleo de efluentes de lavadores de veículos, peças, motores, efluentes industriais e qualquer outra água contaminada com óleo livre (insolúvel).

A separação permite atender normas ambientais descartando-se a água sem a presença do óleo, ou disponibilizando a água para um tratamento com a finalidade de reuso.

O óleo deverá ser descartado de forma adequada, ou vendido para empresas especializadas que fazem a reutilização dele.

A Caixa Separadora de Água, Óleo e Areia ALFAMEC atende as normas ambientais da CETESB (Art. 18 e 19º) e do CONAMA 430/ 2011 (Art.16).

Modelos compactos: 800 l/h, 2.000 l/h e 5.000 l/h

Vantagens

  • Sistema Compacto/ Ocupa menor área útil
  • Fácil instalação e manutenção
  • Garantia de estanqueidade (sem vazamentos)
  • Materiais inoxidáveis
  • Baixo investimento
  • Adequação as normas ambientais
  • Homologado pela BR Distribuidora
  • Garantia de 03 anos

Funcionamento

  • O tratamento inicia em uma Caixa de Areia que é opcional (quando existem sólidos)
  • A separação acontece sob a ação da gravidade, através de um bloco de placas coalescentes
  • O óleo flui por cima das placas e é interceptado por um coletor
  • A água tratada deixa o bloco de placas e é descarregado por tubulação própria

Medidor de Vazão (Opcional)

O medidor de vazão com coleta de amostra (Tipo Thompson) é um item opcional utilizado na saída dos separadores de água e óleo.

Ele recebe o efluente do separador e faz este efluente passar pelo vertedor, onde se pode ler a vazão, em uma escala graduada em m3/h. Seu conjunto conta com uma tampa removível.

A água sem a presença do óleo pode ser tratada para reutilização, ideal para negócios que possuem lavagens e tem altos custos com água potável: lavagem automotiva (veículos, tratores, aviões, etc) e processos industriais. Para isso conheça a Estação para Reuso de Água Alfamec.

Água de reuso

Tratar água proveniente da chuva (pluviais) para fins de reuso, trazendo economia nos custos com água.

A água de reuso é ideal para fins não nobres, tais como:

  • Lavagem de carros
  • Peças
  • Motores
  • Pisos

Tratamento de Água de Chuva

Tratar água proveniente da chuva (pluviais) para fins de reuso, trazendo economia nos custos com água.

A água de reuso é ideal para fins não nobres, tais como: lavagem de carros, peças, motores, pisos, jardinagem, descarga de banheiros e outros que não sejam para consumo humano e animal (ou seja, destinada à ingestão, preparação e produção de alimentos e à higiene pessoal).

Sistema compacto ideal para comércios e pequenas empresas na vazão: 1.500 litros por hora.

Estações de grande porte nas vazões: 5.000, 10.000 e 15.000 litros por hora.

ETA Reuso (Estação para Tratamento de Água para Reuso)

Sistema para tratamento de efluentes provenientes de indústrias, agronegócios, condomínios, hotéis (águas cinzas), construtoras, marmorarias, mineradoras, lavadores de veículos e diversos outros segmentos que necessitem de um tratamento ou reuso.

A água de reuso é ideal para fins não nobres, tais como: lavagem de carros, peças, motores, pisos, jardinagem, descarga de banheiros e outros que não sejam para consumo humano e animal (ou seja, destinada à ingestão, preparação e produção de alimentos e à higiene pessoal).

A ETA (Estação de Tratamento de Água) ALFAMEC atende as normais brasileiras quanto a fabricação ABNT NBR 12.216, e legislações ambientais CETESB (Art. 18 e 19º) e CONAMA 430/2011 (Art. 16º).

  • Modelo compacto: 800, 2.000, 5.000 e 7.500 litros por hora
  • Modelo grandes capacidades: a partir de 10.000 litros por hora
  • Economia de até 90% na conta de água
  • Adequação às normas ambientais
  • Baixo investimento e retorno rápido
  • Fácil de instalar e operar
  • Sistema compacto
  • Garantia de 12 meses

Funcionamento

  • Mistura rápida
  • Floculação
  • Decantação
  • Filtração

Ultra Filtração por membranas

Tratar água de rios e poços para uso dentro dos padrões de potabilidade.

Também tem a finalidade de dar o polimento necessário ao efluente, para que possa atender aos requisitos básicos de Reuso e Descarte do efluente.

O princípio de funcionamento da Ultra Filtração (UF) é simples e eficiente.

As Membranas semelhantes a tubos finos e flexíveis possuem poros de 0,01 mícron, que permite a passagem da água mas retêm as partículas de são maiores que um centésimo de um mícron.

Sobre Potabilização (Importante)

A Portaria 2.914 de Dezembro de 2011 aumentou as exigências em relação a qualidade da água tratada, principalmente em relação a turbidez e o padrão microbiológico para consumo humano (água potável).

A turbidez da água para potabilização foi alterada de 5NTU para 0,5NTU, e o aumento da restrição no padrão vai de encontro a qualidade de retenção de nossas Membranas, que retêm 99,9999% das bactérias e 99,99% dos vírus.

Vantagens:

  • Eliminação de contaminações microscópicas;
  • Alta qualidade e baixa turbidez;
  • Fluxo elevado de filtração;
  • Menor área ocupada;
  • Redução de produto químico ;
  • Redução no consumo de energia;
  • Capacidade de remoção de vírus e bactérias: 99,99%;
  • Atendimento à legislação Brasileira;
  • Processo totalmente automatizado.

Atende as legislações:

– Portaria M.S. 2.914 de 2011 para Potabilidade 
– Cetesb Art. 18 e 19-A 
– Conama 430 Art. 16 e 21

ETE Aeróbia (Estação de Tratamento de Esgoto Sanitário tipo Aeróbio)

Estação para Tratamento do Esgoto Sanitário em indústrias de diversos segmentos e portes, condomínios residenciais e comerciais, hotéis, e outros.

Fabricamos a estação em reatores de PRFV num sistema modular que permite adicionarmos novos reatores conforme o aumento da população (moradores, funcionários, hóspedes, etc).

Utilizamos somente o Processo Aeróbio de Tratamento e assim garantimos, através laudos laboratoriais, a eficiência necessária para que água tratada fique apta para descarte do corpo receptor sem emissão de odores e gases nocivos.

Este tipo de Tratamento requer menor área útil instalada pois não utiliza dois tipos diferentes de reatores, o processo é todo realizado dentro do mesmo reator que recebe uma programação de trabalho baseada em normas ambientais vigentes.

Nosso grande diferencial hoje é a garantia da eficiência na remoção da DBO e a possibilidade de implantação de um Painel de Controle Inteligente (produto opcional).

O Painel de Controle Inteligente registra todo o histórico de trabalho da ETE, gera relatórios, sinaliza a necessidade de alguma manutenção prevenindo assim falha na operação e possibilita o Acompanhamento Remoto pela nossa área de assistência técnica.

Não tenha mais preocupações com o tratamento de esgoto da sua empresa, nós cuidamos de tudo para você!

Vantagens

  • Ausência de odor, gases nocivos e insetos
  • Elevada eficiência na remoção de DBO: Acima de 90%
  • Apta para remoção de Nitrogênio (até 10 mg/l) e Fósforo (até 1 mg/l)
  • Atendimento à legislação brasileira (ABNT NBR 13.969 e CONAMA 430 art.21)
  • Adequação aos planos de gestão ambiental do empreendimento
  • Capacidade de absorção de altas cargas orgânicas e vazões
  • Processo totalmente automatizado
  • Possibilidade de controle remoto do processo
  • Garantia de 1 ano

Opcionais:

  • Peneira rotativa (pré tratamento para remoção de sólidos)
  • Sistema para reuso (pós tratamento da ETE que possibilita a reutilização da água tratada)
  • Painel de controle inteligente
  • Serviço de acompanhamento remoto da operação

ETE Alvenaria (Estação de Tratamento de Esgoto Sanitário tipo Aeróbio para grandes capacidades)

Tratar esgoto sanitário proveniente de indústrias de diversos segmentos e portes, condomínios residenciais e comerciais, hotéis, entre outros, que tenham um volume grande a ser tratado.

Processo de tratamento: aeróbio

Vantagens

  • Ausência de odor, gases nocivos e insetos
  • Elevada eficiência na remoção de DBO: Acima de 90%
  • Atendimento à legislação brasileira (ABNT NBR 13.969 e CONAMA 40)
  • Adequação aos planos de gestão ambiental do empreendimento
  • Capacidade de absorção de altas cargas orgânicas e vazões
  • Processo totalmente automatizado
  • Possibilidade de controle remoto do processo
  • Garantia de 1 ano

Obs.:

  • A quantidade de reatores e tamanho poderá variar de acordo com cada necessidade.
  • Por não emitir odores desagradáveis pode ser construído próximo à área residencial.

Sistema de Reuso para ETE

Sistema de reuso para ser instalado pós ETE (Estação de Tratamento de Esgoto Sanitário)

É necessário armazenar a água descartada e com o Sistema de Reuso pode dar uma finalidade mais nobre ao uso da água – ao invés de utilizar água tratada comprada, você passará a dispor de uma fonte mais econômica e que estaria sendo descartada no corpo receptor.

A água de reuso é ideal para fins não nobres, tais como: lavagem de carros, peças, motores, pisos, jardinagem, descarga de banheiros e outros que não sejam para consumo humano e animal (ou seja, destinada à ingestão, preparação e produção de alimentos e à higiene pessoal).

Composição

O sistema de reuso consiste em:

  • Sistema de bombeamento
  • Filtro
  • Sistema de cloração para a eliminação de coliformes
  • Sistema de Ultravioleta e base metálica.

Estação para Tratamento de Efluentes Oleosos (ETEO)

Sistema para tratamento de água proveniente de uso industrial, automotivo ou de processos que gerem efluentes com óleo e necessitam de um tratamento para o descarte correto ou reutilização.

Nossa estação de tratamento de efluentes oleosos ETEO é composta pelos seguintes equipamentos:

  • Separador de Água, Areia e Óleo (S.A.A. S.A.O.)
  • Estação para Tratamento de Água (ETA)

Vantagens

  • Adequação às leis ambientais
  • Eficiência garantida por laudo
  • Fácil instalação
  • Simplicidade de operação
  • Baixo consumo energético
  • Reutilização de efluentes em processos
  • Redução de custos com consumo de água

Normas Atendidas

Este sistema de tratamento foi projetado de acordo com requisitos da norma:
ABNT NBR 12.216, CETESB (Art.18 e 19A) e as exigências do CONAMA 430/2011 (Art.16), entre outros.

Estação para Tratamento de Efluentes Químicos (ETEQ)

Aplicação

Sistema para tratamento de efluentes químicos provenientes do uso em diversas aplicações.
Nossa estação de tratamento ETEQ é composta pelos seguintes equipamentos:

  • Separador de Areia Mecanizado (SAM)
  • Decantador (Módulo Tubular)
  • Separador de Água e Óleo (SAO)
  • Estação de Tratamento de Água (ETA)

O processo de tratamento dos efluentes químicos se iniciará com tratamento primário realizado através do separador de areia mecanizado (SAM), em seguida terá a remoção de sólidos finos em suspensão feita pelo decantador estático (DECANTER) e por último a remoção de óleo através do separador de água e óleo (SAO), finalizando assim a primeira etapa do tratamento.

Em seguida partira para o tratamento físico-químico, onde toda reação começará na tubulação de mistura rápida junto da adição de produtos químicos entre eles coagulantes, floculantes e agentes de desinfecção.

Nessa etapa terá a floculação, decantação dos flocos formados, filtração por gravidade através de areia, carvão antracitoso, em seguida este efluente tratado já estará devidamente apto ao reuso ou descarte controlado.

Vantagens

  • Adequação às leis ambientais
  • Eficiência garantida por laudo
  • Fácil instalação
  • Baixa manutenção
  • Simplicidade de operação
  • Baixo consumo energético
  • Grande capacidade de tratamento
  • Reutilização de efluentes em processos
  • Redução de custos com consumo de água

Normas Atendidas

Nossos equipamentos são desenvolvidos de modo a atender os mais rigorosos requisitos técnicos e normativos, Este sistema de tratamento foi projetado de acordo com o requisitos da norma ABNT NBR 12.216, CETESB (Art.18 e 19A) e as exigências do CONAMA 430/2011 (Art.16), entre outros.

SAO Separadores compactos

Finalidade

Equipamento desenvolvido para separar areia, água e óleo de efluentes de lavadores de veículos, peças, motores, efluentes industriais e qualquer outra água contaminada com óleo livre (insolúvel).

A separação permite atender normas ambientais descartando-se a água sem a presença do óleo, ou disponibilizando a água para um tratamento com a finalidade de reuso.

O óleo deverá ser descartado de forma adequada, ou vendido para empresas especializadas que fazem a reutilização dele.

A Caixa Separadora de Água, Óleo e Areia ALFAMEC atende as normas ambientais da CETESB (Art. 18 e 19º) e do CONAMA 430/ 2011 (Art.16).

Modelos compactos: 800 l/h, 2.000 l/h e 5.000 l/h

Vantagens

  • Sistema Compacto/ Ocupa menor área útil
  • Fácil instalação e manutenção
  • Garantia de estanqueidade (sem vazamentos)
  • Materiais inoxidáveis
  • Baixo investimento
  • Adequação as normas ambientais
  • Homologado pela BR Distribuidora
  • Garantia de 03 anos

Funcionamento

  • O tratamento inicia em uma Caixa de Areia que é opcional (quando existem sólidos)
  • A separação acontece sob a ação da gravidade, através de um bloco de placas coalescentes
  • O óleo flui por cima das placas e é interceptado por um coletor
  • A água tratada deixa o bloco de placas e é descarregado por tubulação própria

Medidor de Vazão (Opcional)

O medidor de vazão com coleta de amostra (Tipo Thompson) é um item opcional utilizado na saída dos separadores de água e óleo.

Ele recebe o efluente do separador e faz este efluente passar pelo vertedor, onde se pode ler a vazão, em uma escala graduada em m3/h. Seu conjunto conta com uma tampa removível.

A água sem a presença do óleo pode ser tratada para reutilização, ideal para negócios que possuem lavagens e tem altos custos com água potável: lavagem automotiva (veículos, tratores, aviões, etc) e processos industriais. Para isso conheça a Estação para Reuso de Água Alfamec.

Água de reuso

Tratar água proveniente da chuva (pluviais) para fins de reuso, trazendo economia nos custos com água.

A água de reuso é ideal para fins não nobres, tais como:

  • Lavagem de carros
  • Peças
  • Motores
  • Pisos

Tratamento de Água de Chuva

Tratar água proveniente da chuva (pluviais) para fins de reuso, trazendo economia nos custos com água.

A água de reuso é ideal para fins não nobres, tais como: lavagem de carros, peças, motores, pisos, jardinagem, descarga de banheiros e outros que não sejam para consumo humano e animal (ou seja, destinada à ingestão, preparação e produção de alimentos e à higiene pessoal).

Sistema compacto ideal para comércios e pequenas empresas na vazão: 1.500 litros por hora.

Estações de grande porte nas vazões: 5.000, 10.000 e 15.000 litros por hora.

ETA Reuso (Estação para Tratamento de Água para Reuso)

Sistema para tratamento de efluentes provenientes de indústrias, agronegócios, condomínios, hotéis (águas cinzas), construtoras, marmorarias, mineradoras, lavadores de veículos e diversos outros segmentos que necessitem de um tratamento ou reuso.

A água de reuso é ideal para fins não nobres, tais como: lavagem de carros, peças, motores, pisos, jardinagem, descarga de banheiros e outros que não sejam para consumo humano e animal (ou seja, destinada à ingestão, preparação e produção de alimentos e à higiene pessoal).

A ETA (Estação de Tratamento de Água) ALFAMEC atende as normais brasileiras quanto a fabricação ABNT NBR 12.216, e legislações ambientais CETESB (Art. 18 e 19º) e CONAMA 430/2011 (Art. 16º).

  • Modelo compacto: 800, 2.000, 5.000 e 7.500 litros por hora
  • Modelo grandes capacidades: a partir de 10.000 litros por hora
  • Economia de até 90% na conta de água
  • Adequação às normas ambientais
  • Baixo investimento e retorno rápido
  • Fácil de instalar e operar
  • Sistema compacto
  • Garantia de 12 meses

Funcionamento

  • Mistura rápida
  • Floculação
  • Decantação
  • Filtração

Ultra Filtração por membranas

Tratar água de rios e poços para uso dentro dos padrões de potabilidade.

Também tem a finalidade de dar o polimento necessário ao efluente, para que possa atender aos requisitos básicos de Reuso e Descarte do efluente.

O princípio de funcionamento da Ultra Filtração (UF) é simples e eficiente.

As Membranas semelhantes a tubos finos e flexíveis possuem poros de 0,01 mícron, que permite a passagem da água mas retêm as partículas de são maiores que um centésimo de um mícron.

Sobre Potabilização (Importante)

A Portaria 2.914 de Dezembro de 2011 aumentou as exigências em relação a qualidade da água tratada, principalmente em relação a turbidez e o padrão microbiológico para consumo humano (água potável).

A turbidez da água para potabilização foi alterada de 5NTU para 0,5NTU, e o aumento da restrição no padrão vai de encontro a qualidade de retenção de nossas Membranas, que retêm 99,9999% das bactérias e 99,99% dos vírus.

Vantagens:

  • Eliminação de contaminações microscópicas;
  • Alta qualidade e baixa turbidez;
  • Fluxo elevado de filtração;
  • Menor área ocupada;
  • Redução de produto químico ;
  • Redução no consumo de energia;
  • Capacidade de remoção de vírus e bactérias: 99,99%;
  • Atendimento à legislação Brasileira;
  • Processo totalmente automatizado.

Atende as legislações:

– Portaria M.S. 2.914 de 2011 para Potabilidade 
– Cetesb Art. 18 e 19-A 
– Conama 430 Art. 16 e 21

ETE Aeróbia (Estação de Tratamento de Esgoto Sanitário tipo Aeróbio)

Estação para Tratamento do Esgoto Sanitário em indústrias de diversos segmentos e portes, condomínios residenciais e comerciais, hotéis, e outros.

Fabricamos a estação em reatores de PRFV num sistema modular que permite adicionarmos novos reatores conforme o aumento da população (moradores, funcionários, hóspedes, etc).

Utilizamos somente o Processo Aeróbio de Tratamento e assim garantimos, através laudos laboratoriais, a eficiência necessária para que água tratada fique apta para descarte do corpo receptor sem emissão de odores e gases nocivos.

Este tipo de Tratamento requer menor área útil instalada pois não utiliza dois tipos diferentes de reatores, o processo é todo realizado dentro do mesmo reator que recebe uma programação de trabalho baseada em normas ambientais vigentes.

Nosso grande diferencial hoje é a garantia da eficiência na remoção da DBO e a possibilidade de implantação de um Painel de Controle Inteligente (produto opcional).

O Painel de Controle Inteligente registra todo o histórico de trabalho da ETE, gera relatórios, sinaliza a necessidade de alguma manutenção prevenindo assim falha na operação e possibilita o Acompanhamento Remoto pela nossa área de assistência técnica.

Não tenha mais preocupações com o tratamento de esgoto da sua empresa, nós cuidamos de tudo para você!

Vantagens

  • Ausência de odor, gases nocivos e insetos
  • Elevada eficiência na remoção de DBO: Acima de 90%
  • Apta para remoção de Nitrogênio (até 10 mg/l) e Fósforo (até 1 mg/l)
  • Atendimento à legislação brasileira (ABNT NBR 13.969 e CONAMA 430 art.21)
  • Adequação aos planos de gestão ambiental do empreendimento
  • Capacidade de absorção de altas cargas orgânicas e vazões
  • Processo totalmente automatizado
  • Possibilidade de controle remoto do processo
  • Garantia de 1 ano

Opcionais:

  • Peneira rotativa (pré tratamento para remoção de sólidos)
  • Sistema para reuso (pós tratamento da ETE que possibilita a reutilização da água tratada)
  • Painel de controle inteligente
  • Serviço de acompanhamento remoto da operação

ETE Alvenaria (Estação de Tratamento de Esgoto Sanitário tipo Aeróbio para grandes capacidades)

Tratar esgoto sanitário proveniente de indústrias de diversos segmentos e portes, condomínios residenciais e comerciais, hotéis, entre outros, que tenham um volume grande a ser tratado.

Processo de tratamento: aeróbio

Vantagens

  • Ausência de odor, gases nocivos e insetos
  • Elevada eficiência na remoção de DBO: Acima de 90%
  • Atendimento à legislação brasileira (ABNT NBR 13.969 e CONAMA 40)
  • Adequação aos planos de gestão ambiental do empreendimento
  • Capacidade de absorção de altas cargas orgânicas e vazões
  • Processo totalmente automatizado
  • Possibilidade de controle remoto do processo
  • Garantia de 1 ano

Obs.:

  • A quantidade de reatores e tamanho poderá variar de acordo com cada necessidade.
  • Por não emitir odores desagradáveis pode ser construído próximo à área residencial.

Sistema de Reuso para ETE

Sistema de reuso para ser instalado pós ETE (Estação de Tratamento de Esgoto Sanitário)

É necessário armazenar a água descartada e com o Sistema de Reuso pode dar uma finalidade mais nobre ao uso da água – ao invés de utilizar água tratada comprada, você passará a dispor de uma fonte mais econômica e que estaria sendo descartada no corpo receptor.

A água de reuso é ideal para fins não nobres, tais como: lavagem de carros, peças, motores, pisos, jardinagem, descarga de banheiros e outros que não sejam para consumo humano e animal (ou seja, destinada à ingestão, preparação e produção de alimentos e à higiene pessoal).

Composição

O sistema de reuso consiste em:

  • Sistema de bombeamento
  • Filtro
  • Sistema de cloração para a eliminação de coliformes
  • Sistema de Ultravioleta e base metálica.

Estação para Tratamento de Efluentes Oleosos (ETEO)

Sistema para tratamento de água proveniente de uso industrial, automotivo ou de processos que gerem efluentes com óleo e necessitam de um tratamento para o descarte correto ou reutilização.

Nossa estação de tratamento de efluentes oleosos ETEO é composta pelos seguintes equipamentos:

  • Separador de Água, Areia e Óleo (S.A.A. S.A.O.)
  • Estação para Tratamento de Água (ETA)

Vantagens

  • Adequação às leis ambientais
  • Eficiência garantida por laudo
  • Fácil instalação
  • Simplicidade de operação
  • Baixo consumo energético
  • Reutilização de efluentes em processos
  • Redução de custos com consumo de água

Normas Atendidas

Este sistema de tratamento foi projetado de acordo com requisitos da norma:
ABNT NBR 12.216, CETESB (Art.18 e 19A) e as exigências do CONAMA 430/2011 (Art.16), entre outros.

Estação para Tratamento de Efluentes Químicos (ETEQ)

Aplicação

Sistema para tratamento de efluentes químicos provenientes do uso em diversas aplicações.
Nossa estação de tratamento ETEQ é composta pelos seguintes equipamentos:

  • Separador de Areia Mecanizado (SAM)
  • Decantador (Módulo Tubular)
  • Separador de Água e Óleo (SAO)
  • Estação de Tratamento de Água (ETA)

O processo de tratamento dos efluentes químicos se iniciará com tratamento primário realizado através do separador de areia mecanizado (SAM), em seguida terá a remoção de sólidos finos em suspensão feita pelo decantador estático (DECANTER) e por último a remoção de óleo através do separador de água e óleo (SAO), finalizando assim a primeira etapa do tratamento.

Em seguida partira para o tratamento físico-químico, onde toda reação começará na tubulação de mistura rápida junto da adição de produtos químicos entre eles coagulantes, floculantes e agentes de desinfecção.

Nessa etapa terá a floculação, decantação dos flocos formados, filtração por gravidade através de areia, carvão antracitoso, em seguida este efluente tratado já estará devidamente apto ao reuso ou descarte controlado.

Vantagens

  • Adequação às leis ambientais
  • Eficiência garantida por laudo
  • Fácil instalação
  • Baixa manutenção
  • Simplicidade de operação
  • Baixo consumo energético
  • Grande capacidade de tratamento
  • Reutilização de efluentes em processos
  • Redução de custos com consumo de água

Normas Atendidas

Nossos equipamentos são desenvolvidos de modo a atender os mais rigorosos requisitos técnicos e normativos, Este sistema de tratamento foi projetado de acordo com o requisitos da norma ABNT NBR 12.216, CETESB (Art.18 e 19A) e as exigências do CONAMA 430/2011 (Art.16), entre outros.

SAO Separadores compactos

Finalidade

Equipamento desenvolvido para separar areia, água e óleo de efluentes de lavadores de veículos, peças, motores, efluentes industriais e qualquer outra água contaminada com óleo livre (insolúvel).

A separação permite atender normas ambientais descartando-se a água sem a presença do óleo, ou disponibilizando a água para um tratamento com a finalidade de reuso.

O óleo deverá ser descartado de forma adequada, ou vendido para empresas especializadas que fazem a reutilização dele.

A Caixa Separadora de Água, Óleo e Areia ALFAMEC atende as normas ambientais da CETESB (Art. 18 e 19º) e do CONAMA 430/ 2011 (Art.16).

Modelos compactos: 800 l/h, 2.000 l/h e 5.000 l/h

Vantagens

  • Sistema Compacto/ Ocupa menor área útil
  • Fácil instalação e manutenção
  • Garantia de estanqueidade (sem vazamentos)
  • Materiais inoxidáveis
  • Baixo investimento
  • Adequação as normas ambientais
  • Homologado pela BR Distribuidora
  • Garantia de 03 anos

Funcionamento

  • O tratamento inicia em uma Caixa de Areia que é opcional (quando existem sólidos)
  • A separação acontece sob a ação da gravidade, através de um bloco de placas coalescentes
  • O óleo flui por cima das placas e é interceptado por um coletor
  • A água tratada deixa o bloco de placas e é descarregado por tubulação própria

Medidor de Vazão (Opcional)

O medidor de vazão com coleta de amostra (Tipo Thompson) é um item opcional utilizado na saída dos separadores de água e óleo.

Ele recebe o efluente do separador e faz este efluente passar pelo vertedor, onde se pode ler a vazão, em uma escala graduada em m3/h. Seu conjunto conta com uma tampa removível.

A água sem a presença do óleo pode ser tratada para reutilização, ideal para negócios que possuem lavagens e tem altos custos com água potável: lavagem automotiva (veículos, tratores, aviões, etc) e processos industriais. Para isso conheça a Estação para Reuso de Água Alfamec.